Programa Mais Você - Papagrillos
15542
page-template-default,page,page-id-15542,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-9.1.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.1,vc_responsive
 

Programa Mais Você

Barulho nos carros: será que é possível acabar com o problema? Confira!

Situação ocorre em veículos novos e velhos e deixa cidades cheias de ruídos

Programa de 04 de fevereiro de 2016

01

Cidades lotadas de veículos criam uma sinfonia de barulhos desagradáveis. É a porta que range, painel que treme, motor barulhento… E esses ruídos podem ter vários motivos: peça mal apertada, acabamento malfeito e falta de manutenção. E o maior problema é a dificuldade do motorista em identificar de onde vem o barulho.

O motorista Hedmar de Almeida, de São Paulo, comprou  um carro seminovo há seis meses. Adorou, mas logo percebeu que tinha coisa errada. “Fui viajar e comecei a ouvir os barulhos, não sei o lugar certo”, disse o rapaz, que foi até uma oficina especializada onde um profissional identificou o problema.

Para trabalhar neste negócio, precisa ser bom de ouvido. O especialista começa a investigação do barulho dando uma volta com o veículo. Apaixonado por carros velhos, o mecânico Leonardo César comprou um automóvel e tenta acabar com os barulhos.

A trepidação é só um detalhe perto do áudio do ambiente. Incomoda quem está ao lado, os vizinhos… Mas Leonardo gosta do estilo. “Faz parte, faz parte! Eu gosto”, disse o mecânico, com bom humor.

02
03

Os barulhos são difíceis de descobrir e a própria concessionária muitas vezes não resolve. É preciso desmontar partes inteiras dos veículos para saber exatamente onde está o problema.

Revestimentos de silicone ajudam a solucionar determinados tipos de ruídos. O serviço em uma porta de carro popular pode custar cerca de R$ 130. Se for no painel, os valores vão de R$ 300 a  R$1,3 mil, dependendo do quanto vai ser desmontado.